A qualidade do trabalho dos professores e da sua formação tornou-se num tema central na discussão das políticas e práticas educativas um pouco por todo o mundo. Os critérios e os padrões de ensino, as exigências crescentes da profissão docente numa sociedade altamente tecnológica, os modelos para avaliar o desempenho docente, a seleção e o recrutamento dos professores estão entre as principais questões em debate. Acresce a discussão mais ampla sobre o papel da escola e da educação no século XXI.

 

De entre os temas mais recorrentes no panorama internacional estão, por exemplo, a agenda da prestação de contas e do escrutínio público, a burocratização do trabalho docente, a ênfase na avaliação (e comparação) de resultados e de desempenhos escolares.

 

Assim, torna-se necessário refletir sobre as mudanças que se têm operado no trabalho dos professores e nos modos de encarar a sua formação, inicial e contínua, na sociedade da aprendizagem, o que implica novos modos de olhar para o ensino e o conhecimento e para o papel das escolas e dos professores.

 

São estas as questões sobre as quais se pretende refletir neste congresso, que conta com o apoio do Centro de Investigação em Estudos da Criança (www.ciec-uminho.org) e da International Study Association on Teachers and Teaching (www.isatt.net) cuja missão consiste em promover, discutir e disseminar investigação realizada internacionalmente pelos seus membros e melhorar a qualidade da educação através da formação e desenvolvimento profissional de professores e da inovação do ensino.

 

 

 

 

 

 

                  

         

Apoios
Lançamento de livros
Documentos